sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Descoberto o Menor Sapo do Mundo


Com apenas 7 milímetros de comprimento, uma nova espécie de sapo encontrada por pesquisadores americanos nas florestas da Nova Guiné pode vir a ser além do menor sapo do mundo,  também o menor vertebrado de nosso planeta.
Até então, o menor sapo do mundo era o Sapo Pulga (Brachycephalus didactylus) de cerca de 10 milimetros. Encontrado no Brasil (conhecido internacionalmente como Golden Frog, veja o gráfico da Wikipedia) o Sapo Pulga era em seguida superado em tamanho pelo seu parente cubano o sapo Monte Iberia Eleuth (Eleutherodactylus iberia). O menor vertebrado do mundo até então era um peixe, o Paedocypris progenetica, da Indonésia, que mede de 7,9 a 10,3 milimetros de comprimento em sua fase adulta.

Batizado pelo nome científico de Paedophryne amauensis, este minúsculo sapinho vive a maior parte de sua vida escondido entre as folhas do chão da floresta. A mesma equipe de pesquisadores encontrou uns parentes próximos deste sapinho que são um pouco maiores  e  que foram batizados com o nome de Paedophryne swiftorum.
Mas não foi nem um pouco fácil encontrar essas criaturas pequeninas pois eles ficam camuflados em meio às folhas que ficam rente ao chão na mata. Os pesquisadores apresentaram suas descobertas na revista PLoS One, onde informaram que o tamanho reduzido deste animal está relacionado com o seu habitat.

"Os sons nas florestas Nova Guiné são incrivelmente altos à noite” contou à BBC o líder da expedição, o pesquisador Austin Chris da Universidade de Louisiana. Ele e sua equipe estavam tentando gravar sons de sapos na floresta quando ouviram alguns sons estranhos que lhes chamaram a atenção. Ao rastrearem a origem desses ruídos eles tiveram dificuldade em capturar os animais. Foi só quando decidiram pegar algumas folhas e colocá-las dentro de sacos plásticos que eles perceberam os sapinhos saltando delas para dentro dos sacos.

Identificados há pouco tempo, os sapos do gênero Paedophryne possuem membros translúcidos e se alimentam de minúsculos insetos.
Por serem muito pequenos,  provavelmente viram comida de outros invertebrados que normalmente não se alimentam de sapos, o que pode incluir provavelmente alguns escorpiões.

Imagens Crédito: CC 2.5- E N Rittmeyer

Via:


Direitos Autorais

É expressamente proibida qualquer forma de cópia integral de qualquer postagem deste blog. No máximo você poderá citar trechos dando os devidos créditos e colocando link para postagem original. Caso você não obedeça essa determinação arcará com a responsabilidade perante a legislação sobre direitos autorais.

Se você achar que algum post está utilizando trechos de textos ou imagens que de alguma maneira firam seus direitos, por favor entre em contato no email contato@rstri.com


Postagens populares