domingo, 30 de dezembro de 2007

Cães Assassinos Matam mais uma Criança e o apelo de Paulo Santana


Já está mais do que na hora de darmos um basta a esta sequência de mortes de adultos e crianças por cães assassinos. Não é possível que nossa sociedade continue aceitando pacatamente que essas feras sanguinárias, especialmente pitbulls e rottweillers (mas nesta lista podemos incluir filas, dobermans e outros) continuem ceifando a vida de pessoas por esse Brasil afora. Nesta semana foi em Dois Irmãos aqui mesmo no Rio Grande do Sul. Uma menina foi estraçalhada por um cão da raça rottweiller num sítio onde seus pais eram caseiros.


Várias outras mortes e mutilações vêm acontecendo há anos com a conivência de nossos legisladores que já deveriam há muito tempo proibir que sejam aceitas essas feras como animais de estimação.


Lembro do terrível que aconteceu no município de Gravataí há alguns meses em que um menino foi atacado pelo Rotweiller da família enquanto tentava soltar a pata do animal que estava presa num arame.


O garoto foi mordido no pescoço e o animal não o soltou mais. Vários curiosos assistiram a cena durante vários minutos sem que tomassem a iniciativa de tirar a crianças dos dentes da fera. Quando a polícia militar chegou foi dado um tiro no cão que mesmo assim não soltou a indefesa vítima. Um segundo tiro foi dado na cabeça do animal que somente morto soltou a criança que veio a falecer a caminho do hospital.

Agora uma cena semelhante. Enquanto a criança era estraçalhada em em Dois Irmãos (RS) foi dado alguns tiros no animal que mesmo assim não a soltou.
Somente depois atingido mortalmente ele então larga a vítima que morre também em seguida.


Até quando vamos permitir essas atrocidades? Basta! Criem-se leis que proibam a criação dessas feras sanguinárias e imprevisíveis que embora pareçam dóceis, basta um evento qualquer para desencadear seus instintos assassinos e incontroláveis.


Você que é pai, e tem filhos pequenos convivendo com esses animais tem que se livrar dessas feras antes que a tragédia visite sua casa.


Abaixo transcrevo a coluna do jornalista gaúcho Paulo Santana publicada no Jornal Zero Hora em que ele faz mais uma vez um um apelo para que seja proibidas essas feras em nossa sociedade:




ASSASSINATOS EVITÁVEIS - Paulo Santana (Jornal Zero Hora 30/12/2007)

Mais uma criança foi morta nos últimos dias pelos dentes de um cão feroz: uma menina de sete anos de idade foi estraçalhada na véspera de Natal por um cão rotweiller, na cidade de Dois Irmãos (RS).

O incrível é que o dono do sítio e da fera assassina declarou após o homicídio culposo que a menina "sabia que não podia estar naquele lugar".

Como é que é? A minina não podia estar naquele lugar?

Será que o dono do sítio onde houve o massacre (e dono do cão) não sabe que quem não pode estar naquele lugar do sítio e nem em qualquer lugar da Terra não era menina, mas exatamente o rottweiller?

Nós temos que depressa nos conscientizar de que não podemos permitir se quisermos ser uma sociedade civilizada, que continuem a freqüentar nosso meio socialos pitbulls e rotweillers.

Cansei já de narrar os sofrimentos que crianças e adultos padecem em poder desses cães assassinos.

Essa criança ficou dezenas de minutos sendo dilacerada pelas mandíbulas e dentes cortantes e perfurantes desse cão chacinador.

A dor que uma criança ou um adulto sente ao ter cravados em seu corpo os dentes dessas feras é inenarrável. Ninguém suporta.

A vítima pede prá morrer, durante 10,20 minutos, até que alguém a socorra. Pede para morrer para parar de sentir dor e para parar de sentir medo, pânico, terror.

E foi tanta a dor dessa criança de Dois Irmãos, que quando deram vários tiros no rotweiller, que nem mesmo assim soltou a criança, ela já tinha morrido. Ou seja, daí a que fossem buscar o revólver, ela sofreu, ela se martirizou, ela foi sendo aos poucos, lentamente, torturada, até que morreu chegando atrasado o socorro. E se tivesse chegado a tempo o socorro, o que restaria da criança mutilada seria mais trágico do que o cadáver.

Parem de criar e manter em casa esses cães, já que não adianta mais apelar ao poder público insensível.

Parem, parem de uma vez por todas.

Isso atenta contra a razão e as humanidades.

Por que não param de assassinar os cúmplices desses assassinatos, que criam esses cãe?

Por que não param? Vão querer matar todas as crianças e metade dos adultos do mundo?

Por que não param?

Parem. Cães assassinos de donos irresponsáveis. Dizem-me que os cães não são culpados dessas chacinas que não param mais. Acho isso certo.

Mas os verdadeiros culpados, os donos dessas feras, vão continuar matando? Matando, torturando, massacrando?

Quando é que essa estupidez vai ter fim?


Paulo Santana - Jornal Zero Hora Dominical 30-12-2007
ASSINE ZERO HORA

Agora eu pergunto: Até quando vamos conviver com essas mutilações e mortes causadas por essas feras que deveriam estar no zoológico e não nas residências onde aguardam apenas o momento de explodirem sua fúria contra qualquer pessoa que esteja ao seus alcances?

Direitos Autorais

É expressamente proibida qualquer forma de cópia integral de qualquer postagem deste blog. No máximo você poderá citar trechos dando os devidos créditos e colocando link para postagem original. Caso você não obedeça essa determinação arcará com a responsabilidade perante a legislação sobre direitos autorais.

Se você achar que algum post está utilizando trechos de textos ou imagens que de alguma maneira firam seus direitos, por favor entre em contato no email contato@rstri.com


Postagens populares