terça-feira, 20 de outubro de 2009

Militares Criam Inseto Cyborg



Um projeto patrocinado pelo departamento de defesa americano parece ser coisa de filme de ficção científica.

Foi desenvolvida uma engenhosa forma de controlar insetos através de um dispositivo ligado diretamente no cérebro dos insetos permitindo que seu vôo seja controlado eletronicamente à distância.


Há anos que a agência US Defense Advanced Research Projects faz pesquisas no sentido de controlar insetos através da tecnologia.

Agora uma equipe de pesquisadores na universidade da Califórnia liderados pelo professor Hirotaka Sato conseguiu criar besouros cyborg que são guiados sem fio através de um laptop.

Usando implantes conectados no cérebro e músculos eles conseguiram controle sobre a decolagem, vôo e a aterrissagem dos insetos.

O sistema de estimulação incorporado sobre o dorso dos animais utiliza uma micro-bateria e um micro-controlador.

Na experiência foram usados besouros gigantes oriundos do país africano Camarões. O menor inseto mede cerca de 2 cm de comprimento, enquanto o maior mede aproximadamente 20cm.

De acordo com o professor Noel Sharkey, um especialista internacional em inteligência artificial e robótica da Universidade de Sheffield, já haviam sido feitas tentativas no passado para controlar insetos como baratas por exemplo. Mas esta é a primeira vez que o vôo de insetos é controlado remotamente.

O professor Sharkey duvida da aplicação militar para os insetos controláveis uma vez que eles precisariam levar um transmissor GPS além de uma câmera, o que seria uma carga muito pesada não havendo nenhum besouro no mundo que a pudesse transportar.

Alguns pesquisadores sugerem que os besouros controlados remotamente poderiam servir como serviços de entrega a lugares inacessíveis. Eles também cogitaram que os coleópteros 'cyborg' – parcialmente besouro e parcialmente máquina - poderia servir como modelos para a construção de micro veículos aéreos.

A mesma equipe pretende estudar a utilização de libélulas, moscas e mariposas em experimentos do meso tipo devido a incomparável capacidade de vôo destes insetos. O objetivo final da equipe é criar insetos cyborg que possam voar a uma certa distância e lá permanecer até que recebam um comando eletrônico para que retornem ao local de origem.



Via: DailyMail

Direitos Autorais

É expressamente proibida qualquer forma de cópia integral de qualquer postagem deste blog. No máximo você poderá citar trechos dando os devidos créditos e colocando link para postagem original. Caso você não obedeça essa determinação arcará com a responsabilidade perante a legislação sobre direitos autorais.

Se você achar que algum post está utilizando trechos de textos ou imagens que de alguma maneira firam seus direitos, por favor entre em contato no email contato@rstri.com


Postagens populares