sexta-feira, 1 de abril de 2011

Menino de 12 anos Desafia Teoria do Big Bang

Jacob Barkett é o nome do menino que aos 12 anos já está formulando uma avançada teoria sobre a origem do Universo.


Apesar de aparentemente ser uma criança normal que joga videogame, joga basquete com os amigos e tem uma namoradinha ele na verdade é um gênio precoce com QI 170 (grau máximo que pode ser atingido por uma criança na escala de inteligência de Wechsler).

Sua mãe Kristine Barnett, de 36 anos,conta que nos dois primeiros anos de vida quando o menino ficava o tempo todo em silêncio ela sofria muito temendo que ele nunca viveria em ‘nosso mundo’:

"Os médicos tinham atestado que Jake possuía características comportamentais de uma criança com autismo, com sérias dificuldades em demonstrar emoções e interagir com as outras pessoas. Ele não falava com ninguém. Ele nem sequer nos olhava.

Meu maior temor era que ele tivesse perdido a capacidade de nos dizer: Eu amo vocês “ conta a mãe do garoto.



Mas a medida que o menino foi demonstrando habilidades superiores às crianças de sua idade, ele passou por uma nova bateria de exames com especialistas que o diagnosticaram como portador da Síndrome de Asperger.

Depois disso seus pais começaram a prestar mais atenção no que ele conseguia fazer e não no que ele não conseguia fazer.

Ele recitava o alfabeto de trás prá frente, desenhava figuras geométricas pela casa, resolvia com facilidade quebra-cabeças de 5 mil peças e chegou a memorizar todas as rodovias e prefixos de placas encontradas num mapa estadual.



O mais surpreendente é que nessa época ele já havia memorizado cerca de 100 casas decimais do número Pi (atualmente ele sabe 200).

Na sequência seus dotes para matemática foram alcançando níveis altíssimos tendo aprendido sozinho cálculo, álgebra, trigonometria e geometria em duas semanas de estudo.

O menino prodígio passou então a realmente impressionar.

Aos 8 anos de idade ele já havia saído de sua escola para estudar em turmas de estudos avançados em astrofísica na Universidade de Indiana, onde já é inclusive pago para trabalhar como pesquisador.

Quando primeira ele vez teve contato com a equação de Schrödinger sobre mecânica quântica ele não se conteve. Passou três dias fazendo cálculos e mais cálculos em folhas de papel, escrevendo combinações de números e símbolos diversos que poucas pessoas conseguem entender.



Hoje, faltando poucos meses para completar 13 anos, Jake, como é conhecido, já está começando a ir além do que os atuais professores conseguem lhe ensinar.



Recentemente ele começou a trabalhar numa teoria que desafia nada mais nada menos do que a mais convincente explicação para o início do Universo que temos até então:

A teoria do Big Bang. Scott Tremaine, do Instituto para Estudos Avançados da Universidade de Princeton, onde trabalhou Albert Einstein, enviou um email para a família do garoto dizendo o seguinte:

"A teoria que ele está trabalhando envolve vários dos problemas mais difíceis em astrofísica e física teórica. Quem resolver estes problemas estará no caminho para Ganhar o Prêmio Nobel de Física.”



Ainda não está bem claro como ele desenvolveu esse dom e nem tampouco o processo que o levou a criar essa nova teoria sobre a origem do Universo, mas os especialistas afirmam que ele está levantando questões muito importantes sobre o assunto.



Apesar de não ter ninguém na família com uma elevada formação nas ciências, o menino Jacob Barkett sempre teve o apoio dos pais para suas áreas de interesse.



Sua mãe conta que uma vez quando foram visitar o planetário na Universidade de Butler eles estavam ali no meio da multidão escutando as explicações de um apresentador quando este perguntou ao público se alguém sabia porque as luas de Marte não eram redondas como as da terra. Jacob então levantou a mão e perguntou:



“Com licença, mas quais são os tamanhos das luas em torno de Marte?”



Depois que o apresentador respondeu, Jacob olhou prá ele e disse que a gravidade do planeta é tão forte que a gravidade das luas não consegue fazê-las ficarem redondas.



Aí que toda a multidão olhou prá ele como se estivessem perguntando: ´

"Quem é esse menino de 3 anos?”

Apesar da genialidade, Jacob segue uma vida normal, ele gosta muito de música clássica e chega a tocá-las de memória no piano.



Ele adora filmes de ficção científica e assiste os documentários do History Channel.



Via: http://news.yahoo.com/s/yblog_thelookout/20110329/ts_yblog_thelookout/for-12-year-old-astrophysics-prodigy-the-skys-the-limit

Google Desenvolve Reconhecimento de Rosto Revolucionário

Google permitirá encontrar o perfil com informações de uma pessoa a partir de uma foto.

A gigante da tecnologia está desenvolvendo uma aplicação reevolucionária para smartphones que permitirá acessar dados como nome, email e telefone de alguém a partir de uma foto tirada por um telefone celular.
(imagem: Mark Milian/CNN)

O programa vai utilizar algumas tecnologias já utilizadas em outros projetos do Google como o mecanismo de busca de imagens Google Images, o Google Goggles (que reconhece lugares a partir de fotos e GPS) e o reconhecimento de face que já existe no Picasa.
Apesar de grande parte da tecnologia já estar à sua disposição, o Google trabalha bastante no desenvolvimento e testes deste novo projeto  especialmente na análise das questões que surgem sobre o direito de privacidade das pessoas.
O diretor de engenharia de reconhecimento de imagens do Google, Hartmut Neven, afirma que os usuários terão que autorizar a utilização da tecnologia para serem reconhecidas.

Veja matéria completa em inglês na CNN abaixo:
http://edition.cnn.com/2011/TECH/mobile/03/31/google.face/index.html?iref=NS1#






Read it at CNN

Direitos Autorais

É expressamente proibida qualquer forma de cópia integral de qualquer postagem deste blog. No máximo você poderá citar trechos dando os devidos créditos e colocando link para postagem original. Caso você não obedeça essa determinação arcará com a responsabilidade perante a legislação sobre direitos autorais.

Se você achar que algum post está utilizando trechos de textos ou imagens que de alguma maneira firam seus direitos, por favor entre em contato no email contato@rstri.com


Postagens populares