terça-feira, 31 de maio de 2011

Telefone Celular pode causar câncer?

Um grupo de especialistas de diversos países reunidos na cidade de Lyon, na França, afirmaram hoje que o telefone celular possivelmente pode causar câncer em humanos.
A declaração foi feita pela Agência Internacional de Pesquisa do Câncer  (braço da OMS Organização Mundial de Saúde) e se baseia na revisão realizada durante uma semana de vários estudos que abordavam a relação entre o câncer e o tipo de radiação eletromagnética emitida pelos celulares, microondas e radares.
O resultado dessa conclusão será apresentado a agências de saúde de vários países para que sirva de orientação no uso de aparelhos celulares.
O grupo classificou os celulares na categoria 2B, o que significa que eles são possivelmente carcinogênicos aos humanos. Na mesma categoria estão outras substâncias como o pesticida DDT e os gases emitidos por motores a gasolina.
Um amplo estudo realizado no ultimo ano não havia encontrado nenhuma evidente relação entre telefone celular e o câncer. Mas alguns grupos protestaram contra os resultados do estudo levantando sérias preocupações por ter sido demonstrado uma possível conexão entre o intenso uso de telefone celular  e o glioma, um tipo de tumor cerebral raro mas fatal.  Entretanto os números envolvendo este subgrupo não foram suficientes para serem conclusivos.
A controvérsia gerada por este estudo se deveu ao fato de que ele tenha iniciado com pessoas que já tinham câncer sendo-lhes solicitado que se lembrassem a freqüência com que utilizavam o telefone celular há 10 anos atrás, quando possivelmente o câncer deles teria começado.
Em outros 30 estudos realizados na Europa, Nova Zelândia e Estados Unidos, foi constatado que pacientes com tumores cerebrais não usavam telefone celular com mais freqüência do que uma pessoa saudável.
Devido a popularidade do telefone celular,  pode ser  muito difícil aos especialistas compararem usuários de celulares que desenvolveram tumores cerebrais com pessoas que não utilizam estes aparelhos.
De acordo com uma pesquisa recente realizada no ano passado o número de pessoas que usam telefones celulares alcançou 5 bilhões de usuários ou cerca de 3 quartos da população mundial.
Os hábitos dos usuários de telefones celulares tem também mudado drasticamente desde que os primeiros estudos começaram a ser feitos há alguns anos sendo portanto difícil estimar se os resultados das pesquisas ainda podem ser aplicados nos dias atuais.
Uma vez que muitos tumores levam décadas para se desenvolverem, os especialistas afirmam que é impossível concluir que os telefones celulares não causem nenhum prejuízo à saúde a longo prazo. Os estudos realizados até então não rastrearam a vida dos participantes por mais do que uma década.
Telefones celulares enviam sinais para torres próximas através de ondas de rádio freqüência, uma forma de energia similar às ondas de rádios FM e aparelhos de microondas. Mas a radiação produzida por telefones celulares, segundo se sabe, não danificam diretamente  o DNA e é diferente de outros tipos de radiação bem mais fortes como a dos aparelhos de Raio-X ou luz ultravioleta.
Em níveis elevados, as ondas de radio frequência de telefones celulares podem aquecer os tecidos do corpo, mas acredita-se que isso não é o suficiente para danificarem as células do corpo humano.
De acordo com o Cancer Research do Reino Unido, o único perigo totalmente conectado com o uso do telefone celular é o alto risco de acidentes de trânsito.
Apesar disso o grupo recomenda que crianças abaixo de 16 anos somente usem telefone celular para o essencial porque seus cérebros e sistema nervoso ainda estão em desenvolvimento.
Um outro estudo recente  realizado nos Estados Unidos pelo Instituto Nacional de Saúde descobriu que o celular pode acelerar a atividade cerebral embora ainda não se saiba se isso causa algum dano à saúde.
Fonte:

Direitos Autorais

É expressamente proibida qualquer forma de cópia integral de qualquer postagem deste blog. No máximo você poderá citar trechos dando os devidos créditos e colocando link para postagem original. Caso você não obedeça essa determinação arcará com a responsabilidade perante a legislação sobre direitos autorais.

Se você achar que algum post está utilizando trechos de textos ou imagens que de alguma maneira firam seus direitos, por favor entre em contato no email contato@rstri.com


Postagens populares