sábado, 18 de julho de 2009

Gripe A Já Contabiliza 7 Mortes no RS




No Brasil já são 11 casos sendo 7 somente no Rio Grande do Sul.

É, a coisa está ficando feia... Sou da opinião que as medidas tomadas pelas autoridades de saúde brasileiras até o momento estão deixando muito a desejar. Acho que faltou até agora um controle mais rígido nos pontos de entrada no país como aeroportos, rodoviárias e fronteiras.

Outro dia li que uma variação do Vírus H1N1 foi detectado em Hong Kong ao examinarem uma menina de 16 anos que chegou dos Estados Unidos e foi isolada ao chegar no aeroporto. Não vejo o mesmo rigor aqui no Brasil.

O Ministro da Saúde afirmou em cadeia nacional que as pessoas com maior grau de risco para a Nova Gripe eram as crianças e idosos, ambos por serem o grupo que não tinham o sistema imunológico funcionando plenamente.

Estranhei ao ouvir essas afirmações de muitas autoridades de saúde no Brasil pois eu tinha lido uma matéria no site da CNN em que se alertava para o fato de que a Gripe Suína estava matando pessoas absolutamente saudáveis e que não eram crianças nem idosos.

Em Passo Fundo, interior do Rio Grande do Sul, as mortes causadas pela Gripe A também contrariam a idéia de que crianças e velhos tem o maior risco. As vítimas da Nova Gripe não tiveram contato com viajantes e desfrutavam de saúde invejável.

Exatamente como já alertara a matéria da CNN, que afirmava que pessoas com sistema imunológico excepcional poderiam sofrer ainda mais com a o vírus H1N1 pois a reação do organismo provocaria a inundação do pulmão com secreção. Ontem o secretário de saúde de Passo Fundo, Alberi Grando afirmou:

“Chama a atenção pelo fato de serem pessoas fora do grupo de risco. Pode indicar que o vírus é mais letal do que se pensa.”

Já o Secretário de Saúde do RS, Osmar Terra diz que agora a estratégia deverá mudar, que o foco passará a ser os grandes conglomerados de infectados, o monitoramento dos casos graves e a descoberta de novas doenças. Anunciou também que os postos de saúde deverão estender o horário de atendimento.

Agora o Brasil passa a situação de transmissão sustentada da Gripe A, tendo em vista que já acontecem casos em que o contágio acontece dentro do próprio país igualando-se aos Estados Unidos, México, Canadá, Argentina, Chile e Austrália.

A atenção especial é voltada para pacientes em estado grave que necessitam de internação hospitalar vindo logo em seguida as pessoas que devido a sua condição especial tem potencial para se tornar caso grave.

Nesse grupo estariam os doentes do coração (pois as infecções podem piorar o funcionamento cardíaco), os imunodeficientes (AIDS, diabetes, ou sob tratamento quimioterápico), idosos com mais de 60 anos, crianças com menos de 2 anos de idade e portadores de doenças respiratórias crônicas como fumantes, asmáticos e pessoas que tem bronquite.

A pessoa que tem sintomas de gripe e está na dúvida se trata-se da Gripe A, deve ficar atenta para o seguinte: Se a febre for maior repentinamente a mais de 39° C , tiver tosse podendo também apresentar sintomas como dores de cabeça, musculares, nas articulações e dificuldade para respirar, a pessoa deve procurar um posto de saúde ou seu médico particular.

O medicamento mais usado até o momento é o antiviral Tamiflu. Sua eficiência é maior se tomado logo que os sintomas começam a aparecer.


Referência: Diário gaúcho 17/07/2009

Direitos Autorais

É expressamente proibida qualquer forma de cópia integral de qualquer postagem deste blog. No máximo você poderá citar trechos dando os devidos créditos e colocando link para postagem original. Caso você não obedeça essa determinação arcará com a responsabilidade perante a legislação sobre direitos autorais.

Se você achar que algum post está utilizando trechos de textos ou imagens que de alguma maneira firam seus direitos, por favor entre em contato no email contato@rstri.com


Postagens populares