quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Lula Defende Fumantes

Acho que na maioria das vezes o pessoal pega pesado demais com o presidente Lula. É freqüente circular por email todo tipo piada em torno de seus deslizes de dicção, gafes, ou atitudes.

Mas agora o presidente realmente deu uma grande pisada na bola. Em matéria publicada pelo Jornal do Brasil (JB Online) é dito que o presidente ao ser perguntado se era a favor ou contra o projeto federal que proíbe fumar em lugares fechados teria respondido:

--“ Eu defendo, na verdade, o uso do fumo em qualquer lugar. Só fuma quem é viciado. “

E depois

–“ ... A idéia do Ministério da Saúde é a proibição do fumo em todos os lugares fechados. Eu mando o projeto para o Congresso e não voto”.

Pior de tudo é que segundo o JB, Lula respondia às perguntas dos repórteres de oito jornais fumando tranquilamente uma cigarrilha.

A proibição de fumar em lugares fechados (ficando liberado o fumo apenas em casa ou na rua) é proposta por um projeto do Ministério da Saúde que está em tramitação desde fevereiro na Casa Civil.

Na mesma entrevista coletiva, ao lhe perguntarem sobre o decreto que proíbe fumar em recinto coletivo, privado ou público, salvo em área destinada exclusivamente a esse fim, `devidamente isolada ou com arejamento conveniente" que não estaria sendo cumprido no Planalto, Lula teria respondido:

–“ Menos na minha sala. Eu, se for na sua sala, certamente não fumarei porque respeito o dono da sala. Mas, na minha, sou eu que mando”.

Aí eu pergunto: será que o presidente acha que ele deve ser imune à lei? Se o que está estabelecido é a proibição em quaisquer lugares públicos fechados, eu pergunto: A sala do presidente é uma área privada? E se alguma pessoa precisar entrar na sala para tratar de algum assunto, terá que submeter à fumaça ou ao cheiro de cigarro?

E Lula não percebe o impacto que suas declarações tem no dia a dia dos brasileiros? Já é bastante problemático para quem está se sentindo incomodado pela fumaça exigir que a lei seja cumprida em restaurantes, bares, supermercados, lojas, etc.

Com esse tipo de declaração de Lula haverá ainda mais descumprimento da lei pois quem já não estava muito a fim de cumpri-la se achará apoiado pelo próprio presidente da república.

Na mesma matéria do JB é informado citando uma avaliação da economista Márcia Pinto que anualmente cerca de R$ 338,6 milhões são gastos pelo SUS, em internações e quimioterapias realizadas em virtude de problemas relacionados ao tabagismo.


Via: JB Online

Direitos Autorais

É expressamente proibida qualquer forma de cópia integral de qualquer postagem deste blog. No máximo você poderá citar trechos dando os devidos créditos e colocando link para postagem original. Caso você não obedeça essa determinação arcará com a responsabilidade perante a legislação sobre direitos autorais.

Se você achar que algum post está utilizando trechos de textos ou imagens que de alguma maneira firam seus direitos, por favor entre em contato no email contato@rstri.com


Postagens populares