quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Aplicativo Espião Rastreia Empregados Para o Patrão


Um novo aplicativo desenvolvido para celular permite rastrear a localização dos funcionários durante a jornada de trabalho. É como se fosse uma nova espécie de relógio ponto virtual que acompanhará o funcionário dentro e fora da empresa.


Agora não vai dar mais para culpar o tráfego intenso ou outra desculpa qualquer para justificar o tempo que foi gasto para resolver um problema particular por exemplo.Compatível com a maioria dos smart phones, como BlackBerry, Nokia, HTC, a aplicativo Crystal Ball (bola de cristal) utiliza a tecnologia GPS permitindo que os patrões acessem o histórico sobre os locais onde seus funcionários estiveram bem como o tempo em que lá permaneceram.


Além disso, o empregador poderá verificar as ligações e mensagens realizadas no telefone da empresa utilizado pelo empregado. No início do dia de trabalho o funcionário se loga no aplicativo, a partir daí seus movimentos e a utilização do celular pode ser seguida pelo empregador remotamente através de um portal na internet. No final do dia de trabalho, o empregado pode ativar a função de privacidade do sistema impedindo o rastreamento de sua movimentação.


O software permite também ao empregador obter dados sobre velocidade, localização, distância e tempo de deslocamentos do funcionário. Inventor e diretor da empresa que desenvolveu o Crystal Ball, o inglês Raj Singh, de 49 anos, já usa o aplicativo para monitorar seus 30 funcionários. Conforme ele afirmou para o jornal inglês Daily Mail, ‘Até então os funcionários eram apenas monitorados dentro do escritório mas com essa tecnologia eles passam a ser controlados também do lado de fora. Se um funcionário está usando um telefone ou um veículo da empresa é justo que seu chefe saiba como ele está utilizando esses recursos.


’ Os chamados ‘relógios-ponto’ foram máquinas originalmente inventadas em 1888 e rapidamente se tornaram bastante populares entre as empresas no mundo todo permitindo aos patrões manterem um registro oficial das horas de trabalho de um funcionário. Logo se observou que o sistema apresentava algumas falhas como permitir que trabalhadores registrassem o ponto no lugar de outros colegas por exemplo.

Mais recentemente com o avanço da biometria, houve muito progresso nessa área. No entanto, permitir controlar as movimentações dos empregados fora da área da empresa é um diferencial e tanto.


O baixo custo de cerca de 7 libras por mês certamente é baixo se for considerada por exemplo a economia de combustível que esse controle pode representar uma vez que o funcionário que sabe que está sendo rastreado vai pensar duas vezes antes de utilizar o carro da companhia para tratar questões particulares.O inventor Singh admite no entanto a importância do direito a privacidade inerente a cada pessoa, mas segundo ele a opção do sistema para desligar o rastreamento fazendo com que as movimentações do funcionário passem a não ser mais detectadas garante a liberdade do funcionário.


Direitos Autorais

É expressamente proibida qualquer forma de cópia integral de qualquer postagem deste blog. No máximo você poderá citar trechos dando os devidos créditos e colocando link para postagem original. Caso você não obedeça essa determinação arcará com a responsabilidade perante a legislação sobre direitos autorais.

Se você achar que algum post está utilizando trechos de textos ou imagens que de alguma maneira firam seus direitos, por favor entre em contato no email contato@rstri.com


Postagens populares