quinta-feira, 21 de junho de 2007

Será o fim do patê de Ganso FOIE-GRASS?


Circulou durante um bom tempo por e-mail uma apresentação em que mostrava a forma cruel com que são tratados os gansos que são abatidos para que seus fígados sejam usados para fazer um patê especial. Na referida sequência de fotos, são mostrados gansos sendo 'literalmente' entupidos de ração através de uma mangueira enfiada goela a baixo.
A onda de manifestações em relação aos maus tratos a animais que servem de alimentos tem sido tão intensa que muitas empresas têm sido obrigadas a anunciarem mudanças em seus procedimentos.
O restaurante americano Pluck já anunciou um programa de respeito aos direitos dos animais que excluirá o patê de fígado de ganso de seu cardápio. Além disso, promoverá mudanças na forma de abate de certos animais que servem de base a pratos servidos em 14 estabelecimentos.
Agora, mais um golpe na indústria do foie gras: A nova edição da revista "Proceedings of the National Academy of Sciences" afirma que este patê de origem francesa feito de fígado de gansos ou patos superalimentados, pode causar uma doença rara e incurável, chamada amiloidose.
Pesquisadores afirmaram que a doença que pode afetar coração, rins, pulmões, pâncreas e cérebro podendo causar até a morte, poderia ser transmitida da mesma forma que o mal da vaca louca. Experiências com cobaias demonstraram que a amiloidose também pode ser transmitida pela comida a indivíduos que tenham predisposição genética para tal.

Uma apresentação que mostra cenas chocantes sobre o consumo de carne, incluindo fotos de animais pode ser encontrada AQUI

Via : G1

Direitos Autorais

É expressamente proibida qualquer forma de cópia integral de qualquer postagem deste blog. No máximo você poderá citar trechos dando os devidos créditos e colocando link para postagem original. Caso você não obedeça essa determinação arcará com a responsabilidade perante a legislação sobre direitos autorais.

Se você achar que algum post está utilizando trechos de textos ou imagens que de alguma maneira firam seus direitos, por favor entre em contato no email contato@rstri.com


Postagens populares