terça-feira, 18 de maio de 2010

Depressao Pos-Parto nos Homens

Um novo estudo publicado no Jornal da Associação Médica Americana (Journal of the American Medical Association) finalmente demonstra que os homens também podem sofrer de depressão pós-parto, um problema que até então era atribuído apenas a mulheres logo após darem a luz.

No estudo, pesquisadores da Eastern Virginia Medical School de Norfolk, analisaram dados de outros estudos envolvendo 28,004 homens. Em geral, apenas cerca de 4.8 % de homens foram diagnosticados com depressão. Mas quando eram considerados homens cujas mulheres  tiveram filhos nascidos recentemente, a média de depressão subia para 10.4%. O estudo mostrou também que 3 meses após o nascimento dos bebês a taxa de depressão entre os novos papais subiu para 25%. Outro dado importante levantado pelos pesquisadores foi que a depressão pós-parto masculina ocorria com o dobro de freqüência quando a esposa estava também sofrendo de depressão pós-parto. Em geral as mulheres tem esse tipo de depressão na taxa de 10 a 30%.

Normalmente os pesquisadores tem associado a depressão pós-parto a mudança hormonal que a mulher sofre por ocasião do parto. O principal motivo para isso é que a taxa de estrogênio cai consideravelmente em todas as mulheres após o nascimento de seus bebês. Se por um lado a relação dessa mudança biológica e a depressão pós-parto ainda não tenha sido definitivamente comprovada, por outro,  cresce entre os pesquisadores a idéia de que a falta de sono, o aumento do stress em função de questões financeiras e  conjugais são fatores que podem disparar a depressão.

Estudos em animais tem mostrado que machos podem também sofrer mudanças hormonais durante a gravidez de suas parceiras e depois do parto ( a taxa de testosterona cai e outros hormônios relacionados ao stress aumentam) embora também não haja nenhuma pesquisa que demonstre claramente a causa disso.

Muitos pesquisadores apontam causas psicológicas para a depressão pós-parto como a própria falta  de sono por exemplo.

"Provavelmente um dos maiores fatores de risco para a depressão pós-parto tanto em mulheres quanto em homens seja a privação do sono" afirma William Courtenay, pesquisador e psicoterapeuta americano fundador do site saddaddy.com.

"Já é sabido que adultos saudáveis que não tenham tido boas noites de sono por mais de um mês tendem a mostrar sinais de depressão. Ao contrário das mulheres, os homens tendem a se mostrar mais irritados e raivosos.” complementa Courtenay.

Outro pesquisador Yet Paulson concorda com Courtenay que esse estudo pode direcionar para novas pesquisas que evidenciam o risco de que a depressão pós-parto dos pais pode representar para as crianças.

 

Via: AbcNews

 

Direitos Autorais

É expressamente proibida qualquer forma de cópia integral de qualquer postagem deste blog. No máximo você poderá citar trechos dando os devidos créditos e colocando link para postagem original. Caso você não obedeça essa determinação arcará com a responsabilidade perante a legislação sobre direitos autorais.

Se você achar que algum post está utilizando trechos de textos ou imagens que de alguma maneira firam seus direitos, por favor entre em contato no email contato@rstri.com


Postagens populares